Edit

Escolha o idioma.

EN PT

Conheça nossa plataforma, solicite uma demonstração agora mesmo! Basta prencher o formulário abaixo.

Solicite uma demonstração!

Te ajudar a crescer: sim 👍 | Fazer spam: não 👎
Seu email está seguro conosco.

Ainda tem dúvida? Entre em contato conosco.

Rua Augusta, 101, Sala 1216, 12º andar, Consolação, São Paulo/SP CEP.: 01305-000

Síga-nos

Implementação de Práticas

Know Your Customer: O KYC é uma parte importante de uma política de compliance e as leis que regem esses processos fazem com que uma série de fontes e dados sejam necessários para que sua empresa possa validar os clientes, sejam eles pessoas físicas ou jurídicas.
ENTENDA
Know Your Customer

IMPLEMENTAÇÃO DE PRÁTICAS

O KYC é uma parte importante de uma política de compliance e as leis que regem esses processos fazem com que uma série de fontes e dados sejam necessários para que sua empresa possa validar os clientes, sejam eles pessoas físicas ou jurídicas.

No Brasil, o principal órgão atuando em prol do KYC é a Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla), criada em 2003 com o objetivo de propagar, gerenciar e elaborar práticas e estratégias para combater lavagem de dinheiro, corrupção, roubo de identidade e outros crimes comuns dentro do cenário financeiro.

A transformação digital e as mudanças do mercado têm gerado mudanças nas regulamentações tanto do Brasil quanto no exterior. Foram publicadas novas leis e regulamentações como:

A Lei Anticorrupção (nº 12.846/13), regulamentada pelo Decreto nº 8.420/15, e a Lei nº 12.683/12, que reforça os mecanismos de prevenção à lavagem de dinheiro previstos na Lei nº 9.613/98.
A Resolução CMN nº 4.539/16, exigindo que as Instituições Financeiras implementem política que garanta a manutenção da transparência, responsabilidade e diligência na oferta e venda de produtos e serviços a seus consumidores.
A Circular Bacen nº 3.865/17 e a Resolução CMN nº 4.595/17 são mais recentes e exigem que as Instituições Financeiras, Administradoras de Consórcio e Instituições de Pagamento implementem Política de Compliance(Conformidade).
O papel do compliance também evoluiu nos últimos anos. De acordo com a Febraban, além da atuação preventiva e detectiva, o compliance cada vez mais tem se tornado uma atividade também consultiva, dando suporte aos objetivos estratégicos e fazendo parte da missão, visão, valores, cultura e gerenciamento de riscos das Instituições.

BENEFÍCIOS
KRONOOS

BENEFÍCIOS