No cenário das empresas brasileiras, sejam elas públicas ou privadas, os riscos fiscais são aqueles relacionados ao fisco, ou seja, ao recolhimento de impostos e outros tributos direcionados ao Estado. É amplamente conhecido que existem leis e meios de tributação específicos entre Federal, Estadual e Municipal. Nenhuma empresa escapa deste tipo de risco, que está alinhado principalmente ao não cumprimento do pagamento e a evasão. A fiscalização tributária é pesada, tanto sobre a empresa em si como seus produtos, seus contratos, no aluguel, entre fornecedores e assim em diante. Logo, o melhor meio de mitigar o risco fiscal é ter uma política interna atenta a todos estes requisitos, com cumprimento pontual de todas as cobranças e também com ações de transparência junto ao setor financeiro.